Feeds:
Posts
Comentários

A Central Única das Favelas do Maranhão participa nesta quinta e sexta-feira (14 e 15/07) de uma programação especial promovida pela Plan, em São Luís, em comemoração aos 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A programação inclui panfletagem pelos direitos da criança, apresentações de Djs, B.Boys e demais atividades que serão realizadas na Unidade Escolar Ribamar Bogea na Cidade Olímpica  (quinta-feira) e no Viva da Vila Embratel (sexta-feira).

O cinecrioula da Central Única das Favelas do Maranhão exibe o filme                “ Crianças Invisíveis” filme produzido pela Unicef com a realização de oito diretores consagrados de diferentes nacionalidades. A realidade dos continentes tem recortes de suas crianças transpostos para as telas a partir do olhar sensível e diferenciado de nomes como os do inglês Ridley Scott e de sua filha Jordan Scott, da brasileira Katia Lund (co-diretora de Cidade de Deus), do norte-americano Spike Lee, do chinês John Woo, do italiano Stefano Veneruso, do bósnio Emir Kusturica e do argelino Mehdi Charef.

Além de “crianças invisíveis” o cine crioula exibirá uma seleção especial de 10 animações do Festival Internacional de Animação do Brasil. A programação completa das atividades e o horário da exibição serão divulgados amanhã (15) aqui no blog.

PLAN

A Plan é uma organização não-governamental de origem inglesa, ativa há mais de 70 anos. Sem qualquer vinculação política ou religiosa e sem fins lucrativos, está voltada para a defesa dos direitos da infância, conforme expressos na Convenção dos Direitos da Criança, da Organização das Nações Unidas.

Atualmente, a Plan está presente em mais de 60 países, atende cerca de 1,5 milhão de crianças em seus projetos e possui aproximadamente 1 milhão de doadores. No Brasil desde 1997, a Plan possui, hoje, mais de 50 projetos que atendem aproximadamente 75 mil crianças e adolescentes.

crianças na sessão do Cinecrioulinha

Cinema e intercâmbio cultural. Essa é a proposta do Cineclube Crioula que inicia suas atividades na sede da União de Moradores do Bairro da Vicente Fialho, em São Luís. A sessão de lançamento que está marcada para amanhã, 10, é resultado de uma parceria com o Conselho Nacional de Cineclubes do Ceará (CNC/CE) e com o programa Cine Mais Cultura que concederam filmes premiados do II Festival do Júri Popular do Ceará.

Os filmes fazem parte do projeto Mostra Cá que Mostro lá, que integra atividades cineclubista dos estados do Maranhão e Ceará. O Cine Crioula exibe amanhã, 10, os filmes “Dois mundos” de Tereza Jessouroun, “Timing” de Amor Admoni, “A arquitetura do corpo” de Marcos Pimentel, “O divino, de repente” de Fábio Yamaji e “A ilha” de Ale Camargo. A expectativa da coordenação do cineclube é receber um público de 60 pessoas.

De acordo com o coordenador do Cine Crioula, Bruno Gouveia, o objetivo do cineclube é garantir o acesso a filmes de qualidade a população. “O cine foi criado com o objetivo de, por meio de filmes de qualidade técnica e conteúdo, formarem um público espectador crítico”, destaca.

O coordenador explica que já está sendo planejada atuação do cine em outros bairros de São Luís e a realização de oficinas de capacitação na área de roteiro, história do cinema e produção de vídeos. “O trabalho do cine é sustentado no tripé exibição, capacitação e produção para o público que acompanha as sessões. Desta forma, conseguimos dá um retorno positivo para a sociedade que sofre com o acesso a produções cinematográficas de qualidade”, explica.

Cine crioulinha

Como parte da programação de lançamento do cine crioula foi realizada uma sessão especial com crianças moradoras do Vicente Fialho e bairros adjacentes que são atendidas pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (SEMCAS) em parceira com a Central Única das Favelas do Maranhão (CUFA). Cerca de sessenta crianças assistiram à sessão.

A sessão do cine crioulinha também serviu para inaugurar uma nova parceria do Cine Crioula. As sessões do cineclube serão integradas às atividades desenvolvidas pelo PETI. Além de aulas de teatro, percussão, atividades esportivas, danças, contação de histórias, as crianças também vão assistir filmes e participar de atividades do cineclube especialmente desenvolvidas para elas.

Projeto

O Cine Crioula é um projeto da Central Única das Favelas do Maranhão (CUFA/Ma) que desde 2008 atua com exibições gratuitas no bairro Vicente Fialho. Desde 2009, o cine faz parte do Conselho Nacional de Cineclubes (CNC), e no mesmo ano, por meio de edital, tem a parceria com o Cine Mais Cultura, do Ministério da Cultura (MinC) que disponibilizou todo o material técnico de exibição e um curso de capacitação ministrado em agosto de 2009, no Ceará.